Relações Internacionais

A seguir estão indicados alguns artigos que escrevi sobre Relações Internacionais, mais especificamente, sobre o profissional e o mercado de trabalho.

A escolha do curso de Relações Internacionais29 de Julho de 2010

Perfil do Profissional de Relações Internacionais (entrevista)21 de Julho de 2006

Contraponto – O profissional de relações internacionais02 de Março de 2006

Existe mercado de trabalho para relações internacionais?01 de Fevereiro de 2006

O profissional de Relações Internacionais29 de Setembro de 2005

Graduação prepara profissionais flexíveis e “globalizados” para diversas áreas29 de Setembro de 2005

O estudo das relações internacionais

O estudo das relações internacionais tem se desenvolvido no Brasil de forma mais acentuada a partir da última década, de forma que ainda são tidos como incertos tanto o perfil de formação num bacharelado em relações internacionais, quanto o perfil profissional do egresso. Encontrar o ponto de intersecção entre a formação e a atuação profissional tem sido o caminho mais percorrido por aqueles que querem discutir o futuro dessa profissão.

Continuar lendo

ALCA, a despeito do resto

O debate sobre a ALCA ocupa cada vez mais espaço nos editoriais e nos cadernos de diplomacia e política, no entanto, estranhamente ainda teima em ser assunto escasso nos cadernos de economia. À exceção de poucos estudos sobre impactos setoriais, discussões econômico-comerciais sobre a ALCA parecem ter se transformado num debate entre “(1) aqueles que pretensamente se preocupam com o futuro da nação e que, portanto, são contrários a ALCA e (2) os que só se preocupariam com seus lucros setoriais, que são os favoráveis”. A urgência da agenda e a profundidade das conseqüências estão a exigir um estudo muito mais sério.

Continuar lendo

A busca da Nova Ordem Mundial

A II Guerra do Iraque ainda apresenta seus vestígios entre as nações, no entanto vários analistas de relações internacionais já apresentam conclusões sérias sobre seus impactos na ordem mundial. Por enquanto evitam falar de uma Nova Ordem Mundial uma vez que isso poderia remeter os mais desavisados aos tempos de Bush pai ou mesmo às análises publicadas naquela época e que se mostraram totalmente infundadas alguns anos depois.

Continuar lendo

A ALCA e a realidade brasileira

As elites econômicas e políticas brasileiras parecem ter acordado para a Área de Livre Comércio das Américas – ALCA. Nas últimas semanas alguns importantes encontros ocorreram para discutir qual deverá (ou deveria!) ser o posicionamento brasileiro. Uma idéia parece prevalecer entre aqueles que estão do lado de cá da diplomacia, ou seja, o empresariado: seguindo como está, o Brasil sairá extremamente prejudicado com o acordo.

Continuar lendo